sexta-feira, 20 de julho de 2012

Capítulo 11

A imagem acima foi feita pela Mirela Camberttini do blog How To Love



Joe : Se nós sairmos será que eles vão perceber?

Demi : Acho que não...Onde está pensando em ir?

Joe : No motel - ele sussurrou pra mim -

Demi : Não sou aquelas piranhas que você está acostumado a levar pro motel.

Joe : Taylor ia sem reclamar?

Demi : Então vai chamar a Taylor pra ir pro motel.

Joe : Ela não é gostosa como você. - ele  me abraçou por traz e beijou meu pescoço - Ela não é linda como você.Ela não é você.E a garota que eu amo é você e não ela.

Demi : Own, eu também te amo. - eu me virei pra ele e o beijei - Que tal o seu carro?

Joe : Ótimo.

Demi off - Joe on

Agora nós já estavamos dentro do carro, eu puxei ela pro meu colo e começei a beijar seu pescoço mas ela parou.

Joe : Que foi?

Demi : Você achou mesmo que a ia fazer amor aqui?

Joe : Você falou pra ir pro carro.

Demi : Aí meu Deus...vamos pra um rua deserta onde não vai ter ninguém pra escutar os seus gemidos.

Joe : É você que geme alto, parece até cadela no cio. - eu dei partida no carro -

Demi : Pareço o que? - agora eu estava ferrado, nem tinha percebido o que tinha dito antes -

Joe : Um princesa, amor, é você parece uma princesa.

Demi : Não foi isso que eu ouvir. - é dificíl enrrolar ela -

Joe : Desculpa amor.

Demi : Tudo bem...tudo bem.

Fomos até uma rua deserta como ela tinha falado.Eu tirei o sinto dela e apuxei pro meu colo.Beijei seu pescoço e fui subindo pra sua boca, só paramos o beijo quando faltou ar.

Demi : Pois fique sabendo, que eu só vou fazer amor com você agora, por que estou muito necessitada, acho que o efeito do estimulante da Miley ainda não passou...E depois você vai ficar sem sexo até quando eu quiser por ter me chamado de cadela.

Quando ela terminou de falar, me puxou pela gola da camisa e me beijou.Nós fomos pro banco de traz.

(...)


Agora estavamos totalmente cansados, com os corpos suados e as respirações ofegantes.

Demi : Precisamos ir logo pra casa. - ela começou a se vestir e eu também - Olha o que você fez com a minha blusa. - ela jogou a blusa dela na minha cara -

Joe : Qual é o problema com a blusa?

Demi : Você rasgou ela toda né animal...não sabe abrir os botões não?

Joe : São muito pequenos.

Demi : Como é que vou ir pra casa assim? - ela apontou pro seu corpo, e que corpo, ela só estava de calça, pois é ela não estava usando sutiã -

Joe : Por mim você poderia ficar pelado o dia inteiro. - eu dei partida no carro -

Demi : Eu estou falando sério?

Joe : E você acha que eu não? - ela bufou e foi pro banco de traz -

Demi : Você não tem nenhuma camisa aqui não?

Joe : Não...Veste a minha camisa, antes da gente entrar em casa, você passa no apartamento da Miley e pega uma blusa com ela ok?

Demi : Tá...Então tira a camisa né.

Joe : Depois. - eu abaixei os vidros do carro -

Demi : Levanta o vidro.

Joe : Não, está calor aqui dentro. - eu olhei pra ela aí me dei conta que ela estava sem blusa, aí levantei os vidros - Desculpa amor.

O trânsito estava uma droga, e pior estava tendo um blitz.E pelo visto estavam parando todos os carros.O policial fez sinal pra mim parar.

Joe : Demi veste a blusa.

Demi : Ok - ela vestiu a blusa dela que estava rasgada - Não está adiantando nada.

Joe : Coloca a sua bolsa no colo pra poder tampar.

Demi : Tá.

O policial se aproximou do carro, e pediu minha habilitação e os documentos do carro, eu mostrei e ele nos liberou.Agora estavamos na garagem do prédio, eu tirei a camisa e dei pra Demi vestir.Nós saimos do carro e fomos no apartamento da Miley, entramos sem bater por que ela faz isso no nosso e fomos pro quarto da Miley.

Demi : MILEY? - Demi e eu sentamos no sofá que tinha no quarto -

Ela saiu do banheiro enrrolada numa toalha e com uma garrafa de vinho na mão.

Miley : Que foi?

Demi : Me empresta um blusa por favor?É que a minha rasgou -

Miley : Ok. - ela entrou no closet e depois voltou de deu uma blusa pra Demi - Essa é sua mesmo.

Demi : Eu sei. - Demi tirou a minha camisa e jogou pra mim que a vestir novamente - Você vai se trocar na frente da Miley?

Demi : Que que tem?Tudo o que eu tenho ela também tem. - ela vestiu a blusa -

Joe : Essa garota é tarada.

Miley : Tarada é tua vó.Agora podem indo embora, que eu tenho que voltar pro meu banho relaxante.

Joe : Você só fica relaxada com está bêbada?

Miley : E minha mão que só vai relaxar quando tiver na sua cara.

Demi : Vamos embora Joe...Miley não está muito boa hoje.

Miley : É isso aí.

Nós entramos no nosso apartamento, e minha mãe postiça ou minha sogra, não sei como devo chamá-la agora, ela estava fazendo o jantar.Normalmente nós não jantamos e quando jantamos não é em casa.

Diana : Que bom que vocês chegaram crianças...o jantar está quase pronto.

Demi : Ok.Eu só vou tomar um banho.

Joe : Eu também vou.

Diana : Ok.

Eu fui pro meu quarto e a Demi foi pro dela.Eu já estava no banho, até que sinto alguém me abraçando por traz e beijando as minhas costas.

Joe : Não provoca Demi. - eu me virei pra ela -

Demi : Eu não estou provocando. - ela deu um chupão no meu pescoço -

Eu puxei-a pela cintura, fazendo com que nossos corpos se colassem, eu puxei a toalha que cobria seu corpo fazendo com que caísse na chão.Eu beijei, seu pescoço, desci para o colo e depois fui para os seus seios.Enquanto sugava um dos seus seios, eu massageava o outro com a mão.Demi gemia meu nome em meu ouvido, o que me fazia ficar cada vez mais exitado.

Joe : Você não disse que eu iria ficar sem sexo?

Demi : Mudei de ideia. - ela me beijou -

Joe : Nossos pais podem ouvir.

Demi : Eles foram no mercado.

Joe : De novo?

Demi : Sim.

Então peguei-a no colo e fui de volta pro meu quarto, deitei-a em minha cama e subi em cima dela...Quando eu ia penetrar meu membro nela, ouvimos o a porta se abrir.Demi foi correndo pro quarto dela ainda pelada, e eu me vestir.Agora como é que eu iria disfarçar o volume nas minhas calças.Meu pai me chamou pra ir jantar.Fui pra mesa de jantar e Demi já estava lá, ela olhou diretamente pra minha calça e depois deu um sorriso sadado.

Paul : Andou vendo aqueles filmes né filho?

Pois é meu pênis ainda estava duro feito uma pedra, Demi me deixava louco e resultado era esse.

Joe : É. - eu me sentei do lado da Demi -

Senti a mão de Demi sondando a miha perna, quando chegou no meu membro o apertou ainda por cima da calça, mas isso já foi o suficiente pra mim enlouquecer.Logo senti a mão dela adentrando a minha calça, e depois a minha boxer, droga, droga, droga.Sussurrei pra ela parar, mas ela negou com a cabeça, ela começou a fazer movimentos de vai e vem, bem devagar, ela sabia como me torturar.Não vejo a hora dos nossos pais irem embora pra mim poder transar com ela em todos os cantos desse apartamento.Quando eu estava quase gozando ela parou com os movimentos.Olhei pra ela frustrado e a mesma sorriu, pelo menos agora eu não precisava segurar os gemidos.

Diana : Como é que está a vida de vocês aqui?

Demi : A minha está mais ou menos.Hoje certa pessoa me chingou e eu quase fui obrigada a matar ela.

Joe : Eu não falei por mal.Saiu sem pensar.

Paul : O que você disse pra sua irmã Joseph?

Demi : Deixa pra lá.

Paul : Certo.E a faculdade Joe?

Joe : Muito complicada, não sei o que eu tinha na cabeça quando me matriculei lá.

Paul : Isso é pro seu futuro.

Joe : Ah tá.

(...)

Eu estava vendo um filme muito bem mas um ser me atrapalha batendo na porta do meu quarto.Me levantei e fui abrir a porta e era a Demi.Ela entrou no quarto e eu voltei pra cama.

Demi : Posso dormir com você?

Joe : Vem. - eu bati no espaço vazio ao meu lado -

Ela veio até a cama e se deitou ao meu lado, ela pois sua cabeça em meu peito e fiz carinho em seus cabelos.

Joe : O que foi?

Demi : Eu estava vendo um filme e fiquei com medo.

Joe : Nem sei por que perguntei...você tem medo e continua vendo esse tipo de filme, só pode ser parente da Miley mesmo.

Demi : Cala a boca. - ela socou o meu peito -

Joe : Tá na cara que vocês duas tem o mesmo sangue.

Demi : Estou com sono.

Joe : Dorme ué.

Demi : Se você abaixar o volume da televisão.

Eu desliguei a tv, tranquei a porta do quarto e voltei pra cama.Abraçei a Demi e nos dois dormimos de conchinha.

(...)

Acordei com Demi dando beijos por todo o meu rosto.

Joe : Queria acordar assim todos os dias.

Demi : Mas eu já te acordo assim todos os dias mesmo. - ela riu -

Joe : É mesmo.Dona Diana e o seu Paul acordaram?

Demi : A muito tempo e já sairam também.Quando eu acordei só vi o bilhete que eles deixaram na sala.

Joe : Atá...Vou tomar um banho.

Demi : Certo...Eu vou preparar o nosso café.

Joe : Precisa não, a gente vai lá na Miley mesmo.

Demi : Ok.

Tomei banho e troquei de roupa.Fomos até o apartamento da Miley, Demi tem uma cópia da chave de lá.Fomos pro quarto da Miley e ela estava dormindo de bruços e também estava roncando.Demi foi até a cama e se sentou nas costas da Miley que logo acordou.

Miley : Tira essa bunca grande de cima de mim. - Demi se levantou - Qual é o motivo da visita à minha humilde residência?

Demi : Viemos tomar café-da-manhã com você priminha. - Demi abraçou Miley e beijou a bochecha dela - Te amo.Você está tão linda hoje.

Miley : Já pode parar de me bajular, vocês sabem o caminho até o cozinha.

Joe : Você está diferente hoje?

Miley : Sério?

Joe : Aham...Está mais feia do que o normal.

Miley : Vai pentear macaco.

Joe : Eu só estou brincando.Você é linda, e você sabe disso né?

Miley : Ah obrigada...hey, pode parando de me enrrolar.

(...)

Demi : Vamos fazer uma caminhada?

Miley/Joe : Vamos.

Demi : Miley enquanto você se troca, eu e Joe vamos lá em casa tá.

Miley : Tá.

Eu e Demi fomos pro nosso apart.Trocamos de roupa, quando estavamos saindo de lá encontramos Miley no corredor.Caminhamos pelo quarteirão e depois voltamos pra casa por que as duas madames estavam cansadas e Demi ainda me fez carregá-la nas costas, desde de pequena ela acha que eu sou burro-de-carga.Quando voltamos pra casa, nossos pais ainda não tinham chegado, então eu e Demi aproveitamos.Amanhã seria aniversário do Nick e tinhamos marcado de sair, e eu ainda não comprei o presente dele, o da Demi já passou e agora ela já está me cobrando o presente do aniversário de 19.Chamei Demi para irmos ao shopping comprar o presente do Nick, e nós almoçamos por lá mesmo.

Joe off - Nick on

No dia Seguinte.

Continua...

Eu tinha dito que iria postar ontem, mas não deu, então eu fiz esse capítulo bem grande pra recompensar, na verdade era pra esse ser maior ainda mais eu fiquei com preguiça de digitar o resto, então o restante desse capítulo vou emendar no próximo.

Eu ia mandar convite no face pra vocês meninas mas eu esqueci a senha, então acho que eu vou fazer outro.


XoXo

8 comentários :

  1. Quase hot, :/
    Tipo, eu PRECISO, AGORA de um capítulo!! AAAAAAAAAAAA! TO SURTANDO!!!

    Posta logo!! ;*

    ResponderExcluir
  2. essa Demi é muito malvada... hahaha...
    coitado do Joe :/
    posta logoooo!!
    bjinhos =**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Malvada???
      Que nada, a Demi é super boazinha (principalmente com Joe)
      Posteiii
      Beijos

      Excluir
  3. Eu AMO a personalidade da Miley!*.*
    Estou viciada nessa fic.
    |Posta logo!
    Xoxo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também adoro a Miley - ela é bem louquinha -
      Postei.
      Beijos

      Excluir